O que é Apneia do sono?

 

Sinônimos: saos, síndrome da apneia obstrutiva do sono, distúrbio respiratório do sono

 

A apneia do sono é um distúrbio do sono potencialmente grave em que a respiração para e começa repetidamente. Pessoas com apneia obstrutiva do sono podem, inclusive, não estar cientes de que têm o problema.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 50% da população brasileira se queixa de qualidade de sono ruim e 33% sofre de apneia do sono.

 

 

 

 

Apneia obstrutiva do sono

A forma mais comum, que ocorre quando os músculos da garganta relaxam durante o sono. A apneia obstrutiva do sono ocorre quando os músculos da parte de trás da garganta relaxam, o que acontece enquanto a pessoa dorme.

 

Nesse tipo de apneia do sono, quando esses músculos relaxam, as vias respiratórias se fecham, o que interfere e impede a respiração adequada. Isto pode reduzir drasticamente o nível de oxigênio no sangue. Assim, o cérebro recebe a mensagem de que algo está errado. Por ser incapaz de respirar, você desperta do sono por um breve momento - em que as vias respiratórias reabrem e permitem que a respiração volte ao normal. Esse problema, no entanto, se repete inúmeras vezes ao longo da noite (de cinco a trinta vezes por hora, em média) e pode causar sérias complicações.

Durante a apneia obstrutiva do sono, a pessoa pode produzir um ronco ou um som semelhante ao sufocamento. O sono irregular impede a pessoa de alcançar o sono profundo, fazendo-a se sentir sonolenta durante o dia.

 

Apneia do sono central

A apneia do sono central é muito menos comum e ocorre quando o cérebro não consegue transmitir sinais para os músculos da respiração. Uma pessoa que sofre com este tipo de apneia pode acordar com falta de ar ou sentir dificuldade para dormir ou, ainda, para manter o sono. Assim como ocorre com a apneia obstrutiva do sono, aqui a pessoa também pode apresentar sonolência durante o dia.

 

 

Causas

 

 

Apneia obstrutiva do sono

Para esse tipo de apneia do sono, a principal causa é a obstrução do canal respiratório. Situações como obesidade, anatomia das amígdalas e circunferência do pescoço podem levar à apneia do sono.

 

 

Apneia do sono central

A causa mais comum de apneia do sono central é a insuficiência cardíaca e, mais raramente, um acidente vascular cerebral (AVC).

 

 

Fatores de risco

 

 

Todas as pessoas podem apresentar apneia do sono, até mesmo crianças. Alguns fatores de risco, no entanto, costumam ser elencados pelos médicos. Eles variam de acordo com o tipo da doença, mas pelo menos duas características são comuns: ser do sexo masculino e ter mais de 60 anos de idade. Os homens, em geral, são duas vezes mais propensos a desenvolver a doença do que as mulheres, que têm seu risco aumentado se estiverem acima do peso e também após a menopausa.

 

 

Os principais fatores de risco para apneia obstrutiva do sono são:

 

Excesso de peso

Depósitos de gordura em torno de vias aéreas superiores podem obstruir a respiração. No entanto, nem todo mundo que tem apneia do sono está acima do peso. Pessoas magras também podem desenvolver o transtorno.

 

 

Circunferência do pescoço

Pessoas com um pescoço mais grosso podem ter vias aéreas mais estreitas que o normal.

 

 

Estreitamento das vias aéreas

Algumas pessoas possuem vias aéreas naturalmente mais estreitas. Há casos ainda em que as amígdalas e adenoides podem se tornar maiores que o normal também, o que pode levar ao bloqueio das vias aéreas.

 

 

Histórico familiar

Pessoas que possuem parentes com histórico de apneia do sono têm mais riscos de ter o problema

 

 

Etnia

Afrodescendentes são mais propensos a desenvolver apneia do sono, principalmente os acima de 35 anos de idade.

 

 

Álcool

O consumo abusivo de álcool e de substâncias como sedativos e tranquilizantes podem relaxar os músculos da garganta.

 

 

Cigarro

Fumantes têm três vezes mais chances de ter apneia obstrutiva do sono do que pessoas que nunca fumaram. Fumar aumenta o risco de inflamação e de retenção de líquidos na via aérea superior.

 

 

Congestão nasal

Se tiver dificuldade em respirar pelo nariz - seja por um problema nasal, alergias ou um resfriado, por exemplo -, você possui mais chances de desenvolver apneia obstrutiva do sono.

 

Distúrbios cardíacos

Pessoas com fibrilação atrial ou insuficiência cardíaca congestiva estão em maior risco de apresentar apneia do sono central.

 

 

AVC ou tumor cerebral

Um acidente vascular cerebral (AVC) ou o surgimento de um tumor cerebralpodem prejudicar a capacidade do cérebro para regular a respiração, levando à apneia do sono central.

 

Principais Sintomas:

 

Os sinais e sintomas das apneias obstrutivas do sono incluem:

 

  • Hipersonia (sonolência excessiva durante o dia)

  • Ronco alto

  • Despertar abruptamente durante a noite com falta de ar

  • Despertar com a boca seca ou dor de garganta

  • Cefaleia matinal

  • Insônia

  • Déficit de atenção

  • Apresentar irritação, nervosismo e impaciência durante o dia, decorrentes de uma noite mal dormida

  • Ter esquecimentos

  • Dor de cabeça difícil de tratar.

 

 

 

 

 O que é CPAP, CPAP Automático e BiPAP?

 

 

CPAP é a abreviação de Continuous Positive Airway Pressure. Traduzindo teremos Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas. O CPAP é uma máquina que gera o fluxo de ar para evitar ronco e apneia obstrutiva do sono. O tipo de CPAP é determinado pelo nível de complexidade ao entregar o fluxo de ar para o usuário.

 

CPAP básico: Os dispositivos básicos possuem a função mais simples que é gerar o fluxo de ar a uma pressão estabelecida, mantendo sua programação por toda a noite. São indicados para pressões mais baixas (até 12cmH2O) e seu cartão de dados apenas registra as horas e dias de uso.

 

CPAP com alívio expiratório: Também geram o fluxo de ar a uma pressão programada e mantém esta programação por toda noite, contudo estes modelos são equipados com tecnologia que identificam o momento da expiração do paciente e reduz o fluxo de ar, para que a respiração seja mais confortável e natural,  estes dispositivos também podem ser equipados com cartão de dados para monitorar os resultados do paciente e até compensar possíveis vazamentos de ar decorrentes de um mau ajuste da máscara de CPAP sobre o rosto.

 

CPAP Automático: As máquinas automáticas, também chamadas de APAP, ajustam o fluxo de ar respiração por respiração de acordo com as necessidades momentâneas do paciente. Estes são dispositivos de tratamento inteligente que reduzem a pressão quando as vias respiratórias estão estáveis e aumentam a pressão frente a episódios respiratórios tais como apneias, hipopnéias, limitações de fluxo e ronco. O CPAP Automático sempre trabalhará na pressão mínima o suficiente para evitar estes eventos respiratórios. A maioria destes modelos é equipada com o cartão de dados completo, registrando índices importantes sobre o tratamento e gozam da toda tecnologia dos modelos inferiores.

 

Binível (BiPAP e VPAP): O dispositivo binível permite a configuração de dois níveis de pressão, uma pressão sobre inspiração (IPAP) e uma pressão sobre a expiração (EPAP). Atualmente, o tratamento binível tem sido muito indicado pelos médicos para tratar uma ampla gama de doenças, inclusive as que requerem apoio respiratório 24 horas*. O dispositivo binível também é utilizado em pacientes diagnosticados com apneia obstrutiva do sono e que necessitam de um fluxo de ar muito elevado, normalmente acima de 16cmH2O.

 

A sigla BiPAP é comumente utilizada para expressar os dispositivos biníveis, embora a sigla BiPAP é propriedade da Philips Respironics, é registrada. A sigla BiPAP indica os dispositivos biníveis da Philips Respironics. A sigla VPAP indica os dispositivos biníveis da ResMed.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categorias:

Entenda um pouco mais sobre a Apnéia do Sono

Confira aqui nossas promoções 

Atendimento 24 hs somente para emergências 21 99245-0255 

Diagnóstico e Tratamento da Apnéia do Sono

  • Facebook App Icon
  • LinkedIn App Ícone
  • Google+ App Icon
  • YouTube clássico

Av. Brasil, 16.721 Loja 210, Irajá - Rio de Janeiro/RJ

Tel.: 21 3594-6160  |  21 97013-8355  |  99245-0255

E-mail: lifecpap@gmail.com

CNPJ: 22.377.875/0001-40

Frete a consultar

Solicite uma visita sem compromisso 

Tire suas dúvidas com nossos especialistas e  conheça o equipamento mais indicado a sua necessidade. Será um  prazer atende-lo!